21.8 C
Picos

Wellington Dias se reúne com ministro de Temer e protocola situação de emergência;

#

Em reunião nessa terça-feira (17/04) com o ministro da Integração Nacional Antônio de Pádua, o governador Wellington Dias solicitou ao Ministério da Integração o reconhecimento de estado de emergência do Piauí. A decisão foi tomada devido às fortes chuvas, principalmente no Centro-Norte do estado, que atingiram famílias e deixaram oito municípios em situação de risco.

Os recursos serão destinados ao reparo dos prejuízos causados em rodovias e barragens. Entre os casos, está a recuperação da ponte que liga os municípios de Batalha e Esperantina, na BR 222,  que “isolou” mais de 110 mil moradores da região.

Forte chuva leva ponte e deixa moradores de Esperantina ilhados (Foto: Whats app)

O chefe do executivo afirma que o ministro mostrou apoio e reforçou o compromisso em auxiliar os atingidos pelas chuvas.  “O ministro é muito prático e cuidou de priorizar o atendimento humanitário e já, tecnicamente, tratar sobre as ações necessárias”, comentou o governador.

Wellington voltou a destacar que o estado é de alerta e que os municípios e os órgãos estaduais estão unidos para as ações emergenciais.

“Barragens como a do Bezerro, em José de Freitas; Barragem do Emparedado, em Campo Maior; Barragem de Pedra Redonda, em Conceição do Canindé; e Pedro Portela, em São Raimundo Nonato; diques em Campo Maior e Uruçuí, Parnaíba; assim como a necessidade de cuidar sobre os danos em habitações e estradas municipais e estaduais serão tratadas como emergência, assim como fazer o atendimento humanitário das pessoas afetadas com as fortes chuvas e as cheias dos rios”, enfatizou.

RODOVIAS PREJUDICADAS

Trecho da PI-115 foi levado pela força das águas em Campo Maior (Foto: Otávio Neto)

W. Dias já havia destacado em coletiva semana passada que muitas estradas seriam prejudicadas por conta das chuvas. Em Teresina, um trecho da BR-343 foi varrido por um riacho, arrastou casas e deixou dezenas de famílias desabrigadas. O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) fez o reparo da pista e deve ser entregue nesta quinta-feira (19/04). No entanto, os moradores atingidos continuam prejudicados.

Em Piracuruca, distante 208 km da capital, um trecho da cabeceira da Ponte do Urubu foi parcialmente interditado devido a uma cratera com 1,5 metros de comprimento. Não há previsão para liberação da via e o DNIT também irá fazer o reparo.

BARRAGENS EM RISCO

Barragem do Bezerro corria risco de rompimento e autoridades abrem canais para vazão de água (Foto: Divulgação/CCom)

As últimas duas semanas foram de força-tarefa para a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Exército devido às cheias nas barragens e a falta de reparo dos paredões, o que causou riscos de rompimento.

Na Barragem do Bezerro, em José de Freitas, distante 52 km de Teresina, uma infiltração na parede foi observada por moradores no domingo (8).Ao final do dia, o município decretou situação de emergência, iniciando uma força-tarefa para impedir o rompimento.

O Exército foi convocado para ajudar na retirada das quase 80 famílias que moravam na região. Elas foram abrigadas em salas de aula de um colégio municipal. Além disso, um engenheiro de Pernambuco especialista em barragens veio ao Piauí para ajudar nas avaliações técnicas.

O vazamento foi interrompido na quarta-feira (11), após o nível do sangradouro do açude ser rebaixado, fazendo com que houvesse redução no nível da água, e, consequentemente, na pressão sobre a parede.

Em Campo Maior, município localizado a 84 km da capital, a Barragem do Emparedado também precisou ser monitorada devido à aparição de infiltrações. Depois, o risco de rompimento foi descartado.

RIOS CHEIOS 

Rio Parnaíba transborda e atinge município de Luzilândia (Foto: Reprodução)

O governador Wellington Dias também informou que 37 mil pessoas foram afetadas com as cheias no estado do Piauí. Dentre as cidades mais afetadas estão Luzilândia, Barras, Campo Maior, José de Freitas e Miguel Alves. Em Luzilândia, o Rio Parnaíba transbordou e deixou famílias desabrigadas.

Em Barras e Campo Maior, as cheias dos rios Surubim, Longá e Marataoan atingiram as cidades e deixaram bairros ilhados. Mais de 1 mil pessoas foram diretamente afetadas pela enchente. Estradas foram arrancadas e famílias foram realocadas. Ao menos oito municípios decretaram estado de emergência,incluindo a capital, Teresina.

Fonte: Com informações do Gov-PI

Mateus Ribeiro
Mateus Ribeirohttps://www.infonewss.com
Cofundador do Portal Info Newss. Formado em Ciências Contábeis, pela Faculdade FACISA (Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina), Técnico em Informática formado pelo Instituto EAD.
Veja também
Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui