sábado, 24 julho 2021
Casa / Destaques / Advogado que matou cabo Arione em Picos é preso suspeito de estuprar diarista em Teresina

Advogado que matou cabo Arione em Picos é preso suspeito de estuprar diarista em Teresina

O advogado picoense Jefferson de Moura Costa foi preso na desta quarta-feira (14) após contratar e, supostamente, estuprar uma diarista. O caso aconteceu no apartamento de um condomínio na zona leste de Teresina. Ele é suspeito de diversos outros crimes, como o homicídio ao cabo do Exército Arione de Moura Lima, ocorrido em 2010, no bairro Paraibinha.

Segundo informações da vítima, ao chegar no apartamento, ela sentiu forte cheiro de preservativo usado. Em dado momento da limpeza, ela o encontrou na sala, masturbando-se. Ele a agarrou e estuprou-a, enquanto ela gritava por socorro. Após o ato, mandou que se vestisse e terminasse o serviço, pois a estupraria novamente.

Quando a polícia chegou ao local do crime, a vítima já não estava mais no apartamento. A encontraram e levaram-na para realização do exame de corpo de delito. O advogado foi conduzido à delegacia para prestar depoimento e ficou preso.

Outros crimes

Jefferson de Moura Costa é réu confesso do homicídio ao cabo do exército Arione de Moura Lima. O crime aconteceu no dia 25 de junho de 2010, no bairro Paraibinha. Segundo informações divulgadas à época dos fatos, o advogado assassinou o jovem com um tiro no peito, dias após um desentendimento com o pai deste.

Jefferson de Moura Costa (esq) e Arione de Moura Lima (dir)

Informações dão conta de que o mesmo ainda mataria outras pessoas da família, pois ligou para a irmã da vítima em tom de ameaça. O homicídio causou grande comoção na cidade pela causa banal.

  1. Passados 11 anos após o crime, o advogado não foi julgado. A ação contra o advogado tramita 5ª Vara da Comarca de Picos.

O advogado, no ano seguinte ao crime, envolveu-se em um acidente na Bahia, onde colidiu o carro em que estava contra uma ambulância. Os três passageiros do veículo da saúde – motorista, paciente e acompanhante – vieram a óbito.

No ano de 2021, ele foi preso novamente após assediar e beijar – forçadamente – uma mulher em um restaurante de Teresina. Neste episódio, ele ainda desacatou, com palavras de baixo calão, a advogada de plantão responsável por este caso.

Fonte: Riachão Net

Sobre Márcio Lopes

Colaborador do Portal Info Newss.

Verifique também

Rafael Fonteles assina ordens de serviço e garante abastecimento de água para Marcolândia

O secretário de Fazenda e coordenador do PRO Piauí, Rafael Fonteles, visitou nesta quinta-feira, 22, o município de Marcolândia do Piauí.