22.8 C
Picos

A cada 19 horas uma pessoa é presa por dirigir embriagada no Piauí

#

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) divulgou, nesta segunda-feira (17), um balanço acerca dos procedimentos criminais registrados durante blitzen por todo o território piauiense. Entre os dias 1º de janeiro a 17 de junho deste ano, 638 procedimentos criminais foram registrados pelas autoridades de segurança.

O levantamento foi realizado pela Diretoria de Operações de Trânsito (DOT), pasta vinculada à SSP-PI.

Um dado preocupante apurado pela SSP foi o de pessoas conduzidas por embriaguez ao volante. Dentro desse recorte, 211 foram autuadas por dirigir sob o efeito de bebidas alcoólicas, representado, em média, uma autuação a cada 19 horas no Piauí.

A pesquisa detalhou ainda outras ocorrências registradas nas estradas do Piauí. Confira:

  • 254 pessoas presas pelo crime de receptação;
  • 211 pessoas conduzidas por embriaguez ao volante;
  • 50 mandados de prisão cumpridos;
  • 27 pessoas conduzidas por adulteração de sinal identificador;
  • 74 veículos recuperados;
  • 13 pessoas presas por porte/posse de arma de fogo;
  • 5 pessoas presas pelo crime de tráfico de drogas e outros procedimentos.

De acordo com a DOT, as fiscalizações de trânsito fazem parte do plano estratégico da SSP que visa reduzir a criminalidade, como o número de roubo e furto de veículos e mortes no trânsito em todo o Piauí, como explica o diretor da pasta, Fernando Aragão.

“Vale ressaltar que em menos de seis meses conseguimos atingir números expressivos durante a realização das blitzen, ou seja, tiramos de circulação pessoas envolvidas em crimes diversos e o mais importante, salvamos muitas vidas. As operações continuarão, com novas medidas sendo planejadas para os próximos meses, incluindo a expansão das ações educativas e o uso de tecnologia avançada”, disse.

O gestor destacou ainda que os trabalhos realizados nas estradas do Piauí também estão em consonância com o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes no Trânsito. “Estamos comprometidos com esse pacto, que não apenas busca a redução imediata de acidentes, mas também a criação de uma cultura permanente de segurança e responsabilidade no trânsito. Vale ressaltar a importância das ações integradas e a conscientização da população para alcançar melhores resultados”, ressalta Fernando Aragão.

Fonte: Portal O Dia por Ezequiel Araujo

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas