quarta-feira, 27 outubro 2021
Casa / Política / Políticos picoenses já embarcam no metrô 2024

Políticos picoenses já embarcam no metrô 2024

No Brasil, a classe política costuma dizer que quando termina uma eleição, já é preciso começar a se organizar para a próxima que acorre dois anos após o pleito ser finalizado. Mas em Picos tem um grupo além do tempo, e segundo a “Rádio Calçada”, já se prepara para a disputa de 2024.

Vai depender 

De acordo com uma fonte próximas à ala, isso só ocorrerá se o resultado do pleito vindouro for favorável ao seleto grupo. Dizem que a estratégia já está defina até mesmo a quantidade de cumbuca de sal que cada líder vai disponibilizar para a campanha.

Será se vão combinar  

Apoiadores dessa ideia acreditam que se a conjuntura política na época for favorável ao grupo, as chances de vitória são reais. Resta saber se o eleitorado vai embarcar nessa nave.

Vai analisar

Já uma fonte ligada a um notável político do município modelo, confidenciou à coluna que o homem público não descarta voltar à cena politica local. A conjectura não permitiu o homem de disputar o pleito passado. Parece que se o vento soprar em sua direção em 2024, sua foto será inserida na urna eletrônica.

Canto da descontração

O tradicional lanchinho dos vereadores que ocorre toda a quinta-feira, após as sessões ordinárias do parlamento picoense, sempre é marcado por muita descontração. Às vezes quando os ânimos se acirram entre os parlamentares no plenário, é lá que eles acendem o cachimbo da paz. E nesta quinta-feira (26) a merenda foi marcada por um intenso debate entre alguns vereadores que defendem projetos diferentes no plano político nacional.

Como um autêntico companheiro

Defendendo o governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), estavam os vereadores Eriberto Filho, Filomeno Portela, ambos do Progressistas, e Irmão Zé Luís (PTB). No meio do fogo cruzado ficou o vereador Renato Ibiapina (PT), que mesmo em inferioridade numérica, defendeu as gestões petitas dos ex-presidentes Lula e Dilma, como um autêntico petista. Sobrou para a vereadora Dalva Mocó (PTB) mediar a discussão.

Aquecimento

A disputa pelo comando da Ordem dos Advogados do Brasil – Subsecção de Picos, promete. Apesar de o clima ser ainda de pré-campanha, mas os dois pré-candidatos à presidência da entidade estão andando em quinta marcha.

Promete 

Dois jovens advogados disputarão cargo. O nome defendido pelo grupo da situação é de Dr: David Benevides já o lado oposicionista aposta todas suas fichas no ex- procurador geral do município de Picos Maycon Luz. Rápido na saída ele, conseguir a adesão da colega a advogada Yana Moura, que tentou se viabilizar como terceira via, e vai compor a chapa de Maycon. A peleja promete uma disputa para lá de acirrada em.

Foram em busca 

O presidente da Câmara Municipal de Picos, Chaguinha (PTB), acompanhado de sua colega de partido e parlamento, Dalva Mocó, e do vereador em exercício, Maté (Progressistas), estiveram em Teresina esta semana. Os parlamentares foram em busca de soluções para algumas demandas da cidade.

Surtiu efeito

De acordo com o presidente, a mais urgente demanda é a implantação do Instituto de Medicina Legal (IML) no município de Picos. Segundo o parlamentar, já na próxima semana uma comissão formada por deputados que têm atuação na cidade, vai estar na “Capital do Mel”, em companhia do secretário de Estado da Segurança a Pública, para resolver o problema.

De quem é a obra?

Dr. Augusto Albieri, engenheiro o genético vivido pelo ator Juca de Oliveira, na novela “O Clone”, escrita por Gloria Peres e exibida pela Rede Globo de Televisão, foi o criador do clone na trama do folhetim global. Em Picos, dizem as más línguas, que criaram um clone de um político também. Agora resta descobrir quem é o autor da cópia.

Fogo amigo 

Dedé Monteiro (Foto: Ascom Câmara Municipal )

Quem foi vítima do fogo amigo, na sessão desta quinta-feira, o secretário de Serviços Públicos, Dedé Monteiro. O vereador Gilson Nunes disse que o gestor anda igual gritador de leilão, só falando muito. Quem tem um aliado assim, não precisa de oposição.

Mudança repentina

Um prefeito de uma cidade da redondeza parece que começou a desagradar alguns dos seus fiéis seguidores. Os partidários do gestor, que na época da campanha eleitoral soltavam os foguetes e erguiam o candidato nos ombros, andam meio cabisbaixos e reclamando que o tratamento não é mais o mesmo da época de caça ao voto.

Cidadão picoense

O jornalista Antônio Lisboa, natural de Padre Marcos, é o mais novo cidadão picoense. O projeto de lei do legislativo, de autoria do presidente da Mesa Diretora, foi aprovado na sessão da última quinta-feira (26). Lisboa é servidor público estadual e um dos percussores da comunicação na região de Picos. Além de ter passado pela Rádio Difusora de Picos, ele atuou no Jornal de Picos e foi correspondente de jornais da capital.

Fonte: Grande Picos

Sobre Márcio Lopes

Colaborador do Portal Info Newss.

Verifique também

Ziza Carvalho retorna para base do governador; “Arestas superadas”

O deputado Ziza Carvalho (PT) está de volta à base governista, após ter declarado independência. …