terça-feira, 18 janeiro 2022
Casa / Geral / Criptomoedas, descubra o que são e os cuidados na hora de investir

Criptomoedas, descubra o que são e os cuidados na hora de investir

As criptomoedas estão cada vez mais populares na sociedade, tanto que o investimento nesse tipo de ativo pode ser bastante vantajoso. Contudo, ele também oferece riscos. Dessa forma, você precisa fazer aplicações com calma, sem se deixar deslumbrar por promessas de retorno instantânea.

No artigo de hoje, vamos dar algumas dicas de segurança para não perder dinheiro na hora de realizar transações com criptomoedas. Além disso, explicaremos como funciona esse tipo de dinheiro virtual e as principais modalidades existentes no mercado.

Por isso, não sai daí e siga com a leitura!

O que são?

De forma simples e objetiva, a criptomoeda é uma espécie de dinheiro virtual. Sua produção é descentralizada e anônima, ou seja, não está ligada a nenhuma nação ou banco central, além de ser bastante segura.

Assim, para gerar as criptomoedas são utilizados números de série gerados por computadores, e as transações seguem vários procedimentos de sigilo de dados.

Quais são os diferentes tipos disponíveis no mercado?

Atualmente, a criptomoeda mais conhecida no mundo é o bitcoin, mas se engana quem pensa que ela é a única. Na verdade, existem quase cinco mil tipos diferentes de moedas digitais. A seguir, selecionamos as 13 mais conhecidas.

1.Bitcoin

Foi a primeira criptomoeda que surgiu no mercado e continua sendo a mais utilizada nas transações por todo o mundo.

2.Bitcoin Cash

Surgiu a partir de uma divisão dentro da própria organização da bitcoin. Hoje, a bitcoin cahs permite um maior volume de transações em um menor tempo e com um custo mais reduzido.

3.Ethereum

A moeda ethereum permite que desenvolvedores criem aplicativos descentralizados e contratos inteligentes, além, é claro, de processar transações financeiras.

4.Ethereum Classic

Assim como ocorreu com o bitcoin cahs, a ethereum classic surgiu a partir de uma divisão da ethereum, depois que esta foi hackeada em 2016.

5.Tether

É uma das criptomoedas com valor mais estável, já que seu preço está sempre atrelado ao do dólar.

6.Ripple

A ripple, além de ser uma criptomoeda, é também uma plataforma para pagamentos digitais e aceita, inclusive, outras moedas digitais, como o bitcoin.

7.Dash

A Dash também é derivada do bitcoin, porém, diferentemente do bitcoin cash, ela dispõe de uma ferramenta que torna as transações entre os usuários anônimas. Assim, não é possível identificar quem participou da negociação e nem a quantia negociada.

8.Litecoin

Criada logo depois do bitcoin, a litecoin tem um algoritmo de mineração que facilita a criação de novas moedas e possibilita a realização de transações muito mais rápidas.

9.Cardano

A cardano é uma das criptomoedas mais recentes e seguras, afinal toda a sua estrutura foi revisada por professores e cientistas.

10.IOTA

A IOTA é, na verdade, uma rede de especializada em transações online que detém uma moeda própria, a MIOTA.

11.Stellar Lumens

A lumens é uma criptomoeda muito usada para conectar usuários, bancos e sistemas de pagamentos. Tudo isso por um baixo custo.

12.EOS

O EOS é um sistema operacional, assim como uma criptomoeda. Ele é utilizado pata criar e hospedar aplicativos, além de possibilitar a realização de várias transações financeiras simultâneas.

13.NEO

O NEO é similar ao Ethereum, porém sendo muito melhor do que este. Ele é uma criptomoeda e também uma plataforma para desenvolvimento de aplicativos e contratos inteligentes.

Cuidados importantes neste tipo de investimento

Depois de conhecer como funcionam e quais são as principais criptomoedas do mercado, chegou o momento de entender quais são os cuidados necessários para investir nesse ativo.

Se atente as propostas tentadoras

Todo investimento tem riscos e benefícios. Sendo assim, tenha cuidado com propostas que parecem milagrosas. Ou elas são uma grande furada ou possuem riscos extremamente altos. Observe com atenção. Por mais que pareçam uma boa opção, é sempre melhor optar pelo investimento seguro, como o investimento em imóveis por exemplo, onde empresas do setor financeiro oferecem ótimas oportunidades de empréstimos com garantia de imóvel.

Comece a aplicar aos poucos

Nada de investir todo o seu dinheiro de uma vez só em criptomoedas. Afinal de contas, esse mercado ainda não é regulado nem fiscalizado por órgãos específicos. Além disso, ele tende a sofrer com as ações de hackers, que acabam roubando o dinheiro virtual.

Conheça o mercado

Estude bastante o mercado de criptomoedas. Leia reportagens, artigos e faça aplicações de baixo custo para ganhar experiência. Tudo isso vai ajudá-lo a sentir-se mais seguro com os investimentos realizados.

Fonte: Portal PontoNet

Sobre Márcio Lopes

Colaborador do Portal Info Newss.

Verifique também

Luciano Hang recupera conta no Twitter após três dias suspenso

O empresário bolsonarista Luciano Hang voltou a ter acesso a sua conta no Twitter após …