18.9 C
Picos

Corpo encontrado nas margens da BR-316 é de assaltante de banco

#

O corpo em avançado estado de putrefação, em que o rosto já estava em decomposição e não tinha mais carne e só aparecia o crânio, encontrado na sexta-feira (15), nas margens da BR-316, entre Teresina e o município de Demerval Lobão, foi identificado como de José Neldo da Silva, de 57 anos, e natural de Porção de Pedras (MA).

O corpo foi identificado porque no bolso da calça estava sua carteira de identidade. De acordo com as investigações da Polícia Civil, José da Silva, já tinha sido preso pelo Greco (Grupo de Combate ao Crime Organizado), acusado de assaltos a banco, onde ele tinha sido preso e depois libertado, acusados de explosão e assaltos a banco no Piauí, Maranhão e Pará.

A perícia criminal ainda está apurando a causa da morte de José Neldo e trabalha o assassinato como morte já esclarecida.  Pelo estado de decomposição do corpo, a morte da vítima ocorreu de 2 a 4 dias.

O local onde o corpo foi encontrado fica próximo da Penitenciária Irmão Guido, que também fica nas margens da rodovia BR-316.

 

Image title

Image title

Fonte: Meionorte

Humberto Júnior
Humberto Júniorhttps://www.1bertojunior.com
Amante da tecnologia, desafiador e cofundador do Portal Info Newss.
Veja também
Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui