29.2 C
Picos

Acusado de estupro coletivo será julgado hoje em Castelo do Piauí

#
Adão José Silva Sousa está 3 anos presos a espera de julgamento.
Acusado de estupro coletivo será julgado hoje em Castelo do PiauíAdão é apontado como mentor dos crimes.

Após três anos a espera de julgamento, Adão José Silva Sousa deverá ser jugado nesta terça-feira (27) no município de Castelo do Piauí, distante 190 km da capital. Adão é réu no caso conhecido como o ‘Estupro Coletivo de Castelo’, onde o réu e mais quatro menores são apontados como os responsáveis pelo estupro coletivo de quatro adolescentes no dia 24 de maio de 2015, tendo uma das adolescentes falecido poucos dias depois por conta da violência sofrida.

Além de ser o único maior de idade dentre os acusados, Adão é apontado pela denúncia como o mentor do crime de estupro coletivo, além disso, ele é acusado do crime de porte ilegal de arma, homicídio e corrupção de menores.

Para o júri popular desta terça-feira, foram convocadas 30 pessoas por meio de sorteio, todas devem comparecer ao auditório do Fórum do município de Castelo do Piauí e dessas, sete serão sorteadas para participar do júri popular e ter direito ao voto. O julgamento corre em segredo de Justiça, por isso, só será permitida a presença do juiz, o réu, o júri, as testemunhas, representantes do Ministério Público (acusação) e a Defensoria Pública do Piauí (defesa), além dos funcionários do Fórum. O julgamento será presidido pelo juiz Leonardo Brasileiro, da comarca de Castelo do Piauí.

Como o julgamento acontece em Castelo do Piauí, o réu deverá ser levado da Penitenciária de Altos (PI) até o município onde ocorreu o crime. Na cidade, foi preparado um esquema de segurança para garantir o andamento do julgamento como previsto. Após a sentença está previsto pronunciamento do juiz.

Crime chocou o país

O caso ficou conhecido nacionalmente pelos requintes de crueldade, das quatro adolescentes, Danielly Rodrigues Feitosa, de 17 anos, morreu após passar 10 dias internada na capital. No dia do crime, as estudantes, todas menores de idade, faziam um trabalho escolar quando foram surpreendidas pelo Adão e os quatro menores. Eles amarraram as vítimas, estupraram as meninas e após agredi-las, as jogou de cima de um penhasco no município de Castelo do Piauí.

Adolescentes reclusos

Além de Adão, mais quatro adolescentes participaram do ato, sendo que três deles já foram sentenciados e cumprem medida socioeducativas em unidades de internação de menores em Teresina (PI). O outro envolvido, foi morto dentro de um dos alojamentos do Centro de Educação Masculino (CEM). O crime ocorreu no dia 17 de julho de 2015, tendo Gleison Vieira da Silva, de 17 anos, sido espancado até a morte pelos outros três envolvidos no mesmo caso em que foram julgados.

Fonte: falapiauí

Mateus Ribeiro
Mateus Ribeirohttps://www.infonewss.com
Cofundador do Portal Info Newss. Formado em Ciências Contábeis, pela Faculdade FACISA (Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina), Técnico em Informática formado pelo Instituto EAD.
Veja também
Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui