35.2 C
Picos

Prefeitura de Marcolândia realiza ações de combate e prevenção ao mosquito transmissor da dengue

#

Durante o mês de abril, a cidade de Marcolândia testemunhou ações contra o mosquito Aedes Aegypti, liderada pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde. Num esforço conjunto, agentes de saúde e de endemias, juntamente com a vigilância sanitária, mobilizaram-se em várias frentes para conscientizar e proteger a população.

Uma das estratégias adotadas foi a abordagem direta nas residências, onde os agentes de saúde promoveram sensibilização sobre a importância da eliminação de possíveis criadouros do mosquito. Enquanto isso, os agentes de endemias concentraram esforços em instituições educacionais, realizando uma semana de ações nas escolas, com o intuito de educar crianças e adolescentes sobre as medidas preventivas e os riscos associados à presença do Aedes Aegypti.

Além disso, a vigilância sanitária espalhou cartazes informativos em pontos estratégicos da cidade e utilizando veículos equipados com nebulizadores para aplicação de inseticidas em áreas propensas à proliferação do mosquito.

O Aedes Aegypti é portador de doenças graves, tais como dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Sua reprodução se dá em água parada, comumente encontrada em recipientes como pneus, vasos de plantas e recipientes descartáveis.

O Dr. Corinto Matos, gestor municipal, expressou sua gratidão e reconhecimento à equipe envolvida nas ações.

“Parabenizo toda a equipe envolvida nas ações e na busca incansável pela saúde e bem-estar de nossa população. Seu comprometimento e profissionalismo são exemplos a serem seguidos, e é graças ao trabalho árduo de cada um que podemos avançar na promoção da saúde e no cuidado com nossos cidadãos”, declarou.

A secretária de Saúde, Domitília Alencar, enfatizou a necessidade contínua de combate ao mosquito, destacando que a conscientização da população é uma ferramenta essencial nesse processo.

“É crucial que todos compreendam a importância de combatermos incansavelmente o mosquito transmissor de doenças. A conscientização é nossa maior aliada nessa batalha, e não há idade para fazer a diferença. Juntos, podemos proteger à população e garantir um ambiente saudável para todos”, salientou.

Severiano Gomes, Coordenador Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e professor da Faculdade de Medicina de Araripina (FAP), destacou a importância das ações empreendidas, enfatizando que a prevenção e o cuidado são fundamentais para garantir a qualidade de vida da população.

“As ações voltadas para o combate ao mosquito Aedes aegypti são essenciais como medida preventiva e de cuidado. É crucial compreender que essas iniciativas não apenas visam evitar doenças, mas também promovem uma melhor qualidade de vida para toda a comunidade”, destacou.

Fotos

Fonte: ASCOM

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas