35 C
Picos

Mortes no trânsito caem 45% com operações e blitzen da Polícia no Piauí, aponta relatório

#

As operações de fiscalização de trânsito das forças de segurança do Piauí, realizadas com o objetivo de coibir a circulação de veículos irregulares e de motoristas alcoolizados, evitar acidentes e salvar vidas, começam a produzir resultados positivos.

Relatório preliminar de ocorrências de trânsito em Teresina, feito pela Polícia Civil, aponta queda vertiginosa nos crimes de trânsito na capital em janeiro e fevereiro deste ano em relação ao mesmo período de anos anteriores.

Elaborado pelo Núcleo Central de Estatística e Análise Criminal (Nucleac), da Secretaria de Segurança Pública, o relatório aponta que foram registrados cinco homicídios culposos no trânsito em janeiro e fevereiro deste ano, contra sete no mesmo período de 2022. As mortes acidentais no trânsito caíram de 20 no primeiro bimestre de 2022 para 11 em janeiro e fevereiro deste ano, queda de 45%.

O número de lesão corporal culposa no trânsito caiu de 286 em janeiro e fevereiro do ano passado para 117 este ano – redução de 59%. Esse tipo de crime tinha aumentado em 2020 e 2021, quando foram registrados 177 e 201 ocorrências, respectivamente. Já a lesão corporal acidental, que também vinha crescendo em 2020 e 2021, caiu de 183 em janeiro e fevereiro de 2022 para 103 este ano, queda de 43%.

Outro indicador que chama atenção é o número de lesões no trânsito decorrentes de acidentes. Nos primeiros dois meses de 2022 foram registradas 469 ocorrências desse tipo, contra 220 no primeiro bimestre deste ano, queda de 53,09%. Esse tipo de ocorrência tinha saltado de 339 em janeiro e fevereiro de 2020 para 387 no mesmo período de 2021.

Impacto das blizen

Segundo o gerente de Operações de Trânsito da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Fernando Aragão, a redução nos números de crimes de trânsito é resultado direto da intensificação das blitzen realizadas em Teresina, que atuam fortemente contra fatores que favorecem os acidentes, como dirigir embriagado.

As blitzen fazem parte das ações da Secretaria de Segurança Pública para enfrentamento do crime e da violência no Piauí, conforme diretrizes definidas pelo governador Rafael Fonteles e pelo secretário de Segurança, Chico Lucas. “Essa redução resulta das operações de fiscalização do trânsito. À medida que tiramos pessoas alcoolizadas do trânsito, por exemplo, reduzimos o número de acidentes e de óbitos ocasionadas por acidentes”. explica Fernando Aragão.

As operações de fiscalização do trânsito envolvem todas as forças de Segurança do Piauí – Polícias Civil e Militar, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI) e Corpo de Bombeiros, além da Strans (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito). Começaram a ser intensificadas a partir de janeiro, envolvendo cerca de 120 homens nas quatro zonas de Teresina e em cidades como Parnaíba, Piripiri, Picos e Floriano.

As blitzen têm como foco principal ações preventivas e educativas, atuando também na repressão. O objetivo é reprimir o uso de álcool ao volante, prender infratores e pessoas com mandado de prisão e coibir a circulação de veículos roubados, com documentação atrasada e outras irregularidades, e o porte de drogas e armas.

Da Redação / Ascom

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas