31 C
Picos

Fluminense vence Fortaleza com gol no fim em despedida de Diniz antes da seleção

#

Em um jogo com poucas chances claras, gramado ruim e vários erros, o Fluminense conseguiu um gol no final e venceu o Fortaleza por 1 a 0 no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, neste domingo (3).

Fluminense venceu o Fortaleza por 1 a 0 com gol nos acréscimos – Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense

Diogo Barbosa, já nos acréscimos, foi o autor do gol da vitória.

Com o Maracanã fechado para tratamento do gramado, o Fluminense optou por Volta Redonda mas também sofreu com o campo ruim. No meio do segundo tempo foi possível ver David Braz reclamando após ser atrapalhado.

Com o resultado, o time tricolor fica em quinto, com 39 pontos, enquanto o Fortaleza permanece em oitavo, com 32.

Esse jogo marca o último de Diniz pelo Fluminense antes da estreia na seleção brasileira. O treinador viaja ainda neste domingo para Belém.

Agora os dois times aproveitam a parada para a Data Fifa e só voltam a jogar em alguns dias. O Fluminense encara o Vasco no dia 16, sábado, às 16h. Já o Leão do Pici tem o Corinthians pela frente no dia 14, quinta-feira, às 19h.

As duas equipes são semifinalistas de competições continentais. O Fluminense na Libertadores e o Fortaleza na Sul-Americana.

Um desfalque de última hora para os cariocas foi o zagueiro Nino, poupado por cansaço físico. Paulo Henrique Ganso também ficou fora após uma pancada no joelho esquerdo durante o jogo contra o Olimpia.

O técnico Fernando Diniz e o lateral-direito Samuel Xavier levaram o terceiro cartão amarelo e ficam fora do clássico com o Vasco, na volta da Data Fifa.

COMO FOI O JOGO

O jogo começou agitado e já com polêmica após Cano cair na área e pedir pênalti. O árbitro mandou seguir. A primeira boa chance foi do Fortaleza, aos 14 minutos, com Lucero exigindo ótima defesa de Fábio.

O Fortaleza tomou um susto aos 18 minutos quando João Ricardo recebeu atendimento após uma defesa em chute de Cano. Fernando Miguel chegou a aquecer, mas o titular ficou em campo.

Apesar da expectativa por um bom jogo, o primeiro tempo foi tomado por mais faltas e erros do que bons lances de ataque. O jogo em si foi picotado e com poucas emoções, além do gramado ruim. Foram 71 passes errados.

A partida foi bem parada nos primeiros 45 minutos com diversas interrupções causadas pelo árbitro. Diogo Barbosa e Brítez levaram cartões amarelos por reclamação, assim como o técnico Fernando Diniz. Foram seis no total.

No começo do segundo tempo, o Fortaleza ensaiou uma pressão e tentou chegar, mas sem efetividade. O Fluminense também conseguiu chegar mais.

Os dois treinadores mexeram bastante nas equipes na primeira parte do segundo tempo, com Diniz mudando até o posicionamento do time. A sensação, porém, era de que nenhum dos times fazia por onde para ganhar o jogo.

As mudanças deixaram o Flu mais aberto e possibilitaram chegadas dos visitantes, que pecavam na tomada de decisão.

Com a necessidade de fazer o gol, as equipes pararam de povoar o meio-campo e passaram a apostar muito no contra-ataque para ameaçar o adversário. Arias chegou a pedir um pênalti nos últimos minutos, mas o árbitro não deu, o que gerou ainda mais xingamentos da torcida tricolor.

Mas a insistência de Lima em um jogada nos acréscimos deu o gol da vitória ao Fluminense, com Diogo Barbosa. Ainda deu tempo de o preparador físico Marcos Seixas ser expulso do banco logo depois.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas