27.3 C
Picos

Turismo religioso aquece economia em Floriano

#

Conforme o último Censo Demográfico realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Piauí é o Estado mais católico do país com cerca de 80% de sua população se declarando adepta da religião em 2010. E a cidade de Floriano também segue essa tradição. Sob a proteção de São Pedro de Alcântara, o município ao Sul do Estado atrai milhares de fieis por suas catedrais e paróquias, além de sediar a maior Paixão de Cristo do Piauí, movimentando a economia local.

Faltando menos de um mês para a encenação que narra a história de Jesus Cristo, a vendedora ambulante Maria do Carmo, de 58 anos, aguarda ansiosamente a renda extra proporcionada pela realização do evento.

Turismo religioso aquece economia em Floriano

“Eu trabalho com barracas de cachorro-quente, bombom e água nas festas e festejos da cidade, mas é na Paixão de Cristo que minha renda melhora. O pessoal vem e chega mais cedo para assistir e traz a família, porque é muito bom assistir uma coisa linda dessa, e eu fico vendendo meus produtos. Já disse até para as outras barraqueiras que, lá no Teatro, o público come o alimento de Deus, que é a palavra, e aqui eles podem forrar o estômago”, afirma a comerciante que trabalha há oito anos vendendo seus produtos durante a Paixão de Cristo de Floriano.

A costureira e figurinista Rosa Deusa também reforça a importância da renda extra proporcionada pela realização do evento na cidade. Este ano, ela é a responsável pela renovação dos figurinos dos atores, inclusive do elenco nacional convidado.

“O Grupo Escalet, pra mim, é uma fonte de renda. É desse trabalho que eu tiro um dinheiro, é uma grande ajuda. Passo o ano todo esperando a Paixão de Cristo porque sei que vai entrar alguma coisa. E são muitos os projetos que o Grupo Escalet realiza na cidade e que a gente trabalha junto”, destaca.

Para além do retorno financeiro, Rosa Deusa revela a importância social e, até mesmo pessoal, do Grupo de Teatro.

Turismo religioso aquece economia em Floriano

“São pessoas que me ajudam na minha convivência, pessoas boas, amigas, que levantam a gente. Estava enfrentando uma crise muito difícil, de depressão, há mais de seis meses, e eles me ofereceram esse trabalho da Cidade Cenográfica. Eles insistiram para que eu pegasse o serviço. O trabalho deles em Floriano é indispensável. Os jovens se empenham e precisam de algo assim, precisam aprender coisas boas, que os levem para um bom caminho, tenho orgulho de dizer que faço parte dessa família”, pondera.

E quem revela mais detalhes sobre o Turismo Religioso na cidade de Floriano é o Conselheiro Paroquial da Catedral São Pedro de Alcântara e Guia Turístico, Wellington Pereira.

“Floriano nasce na parte cultural, religiosa e histórica, tendo como então padroeiro principal São Pedro de Alcântara. Na época, a cidade ainda não era Floriano, mas sim Estabelecimento Rural São Pedro de Alcântara. Inclusive, este ano, a Catedral completa 100 anos da sua construção. Ela é um belo cartão postal da cidade, tombada pelo patrimônio histórico e que atrai milhares de turistas, sobretudo em outubro, quando acontecem os festejos do padroeiro”, explica.

Turismo religioso aquece economia em Floriano

Com o crescimento da cidade, a religiosidade também se expandiu e a fé em torno de Nossa Senhora das Graças e São Francisco de Assis também atrai fieis de cidades vizinhas e de outros estados do país. “Temos ainda o Mosteiro das Monjas Concepcionistas, que foi trazido pelo ex-bispo diocesano Dom Fernando Panico; a Ordem da Imaculada Conceição que festeja a padroeira Santa Beatriz. No bairro Alto da Guia, há os festejos da padroeira Nossa Senhora da Guia; a São Pio também. Além, é claro, da encenação da Paixão de Cristo no segundo maior teatro a céu aberto do Brasil”, completa.

Paixão de Cristo

O Grupo Escalet apresenta, desde 1996, a maior Paixão de Cristo do Piauí. Este ano, o evento acontece nos dias 15 e 16 de abril no Teatro Cidade Cenográfica, com roteiro aperfeiçoado e cenários renovados, além de convidados especiais, como Caio Blat, Ana Cecília Costa, Ernani Moraes, Leona Cavalli e Suely Franco.

Para mais informações: (89) 99454-6999 ou (89) 99425-9417
Site: www.paixaodecristopi.com.br/
Instagram: @paixaodecristopiaui @grupoescalet

Fonte: Portal é Notícias

Márcio Lopes
Márcio Lopeshttps://www.infonewss.com
Colaborador do Portal Info Newss.
Veja também
Notícias relacionadas