21.7 C
Picos

Saúde de Marcolândia promove palestra em alusão ao Agosto Dourado

#

Na manhã desta quinta-feira (31), a prefeitura de Marcolândia, sob a gestão do prefeito Corinto Matos, realizou um evento em comemoração ao Agosto Dourado. A iniciativa, organizada pela Secretaria Municipal de Saúde, teve como objetivo conscientizar gestantes sobre a importância do aleitamento materno exclusivo nos primeiros meses de vida do bebê.

A palestra, intitulada “Apoie a amamentação: faça a diferença para mãe e pais que trabalham”, foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores. O evento contou com a presença de mais de 30 gestantes, além da secretária de Saúde, Domitilia Alencar, da vereadora, Lanja Nobre, da psicologa, Débora Modesto, do advogado Andson Alves, das agentes comunitárias de saúde e de populares interessados no tema.

O Agosto Dourado é uma campanha criada com o intuito de promover e incentivar a amamentação, enfatizando os benefícios tanto para a saúde do bebê quanto para a mãe. Durante a palestra, as gestantes puderam tirar dúvidas e compartilhar experiências, recebendo informações valiosas que auxiliarão no período de amamentação.

Falas

A secretária de saúde, Domitilia Alencar elogiou os pais que acompanham suas esposas gestantes.

“Eu gostaria de parabenizar aqueles pais que estão acompanhando suas esposas gestantes, é raro vermos essa responsabilidade assumida pelos pais, já que na maioria das vezes é a mãe que carrega a gravidez e fica responsável pela criação dos filhos, sendo encarregada da parte mais pesada, por isso, é tão importante ter o pai presente, para ouvi-la e auxiliá-la durante essa gestação. É essencial ressaltar a importância do aleitamento materno, quando a mãe amamenta seus filhos, ela lhes dá o alimento mais completo e natural, que é o leite materno, eu gostaria de parabenizar a todos que se esforçaram para estar presentes aqui hoje, vocês demonstram um grande comprometimento e cuidado com o desenvolvimento saudável de seus filhos,” disse.

A vereadora, Lanja Nobre, aproveitou a oportunidade para agradecer o convite e conta um pouco da sua experiencia como mãe.

“É um prazer estar aqui neste momento e gostaria de agradecer à secretária pelo convite, esta é uma ocasião de grande importância tanto para as mamães quanto para os papais, pois é fundamental que os pais acompanhem suas esposas durante a gestação, oferecendo o suporte necessário que toda mãe precisa. Eu sou mãe de três filhos e, na minha primeira gravidez, optei por amamentar minha filha por dois anos, no entanto, entendi que o recomendado é amamentar exclusivamente até os seis meses de vida, é essencial estarmos disponíveis para nossos filhos e garantir a amamentação adequada para prevenir problemas de saúde futuros”, enfatizou.

A psicologa, Débora Modesto, falou como a amentação influencia nos laços afetivos.

“O aleitamento materno é um momento mágico e fundamental para criar laços afetivos inquebráveis entre a mãe e o bebê, além de fornecer todos os nutrientes necessários, amamentar fortalece o vínculo emocional, promovendo segurança, conforto e carinho, é uma troca única de amor, que nutre não apenas o corpo, mas também a alma. Por isso, incentivo todas as mães a aproveitarem essa oportunidade de conexão tão especial com seus filhos, cultivando laços que durarão para toda a vida”, salientou.

Na ocasião, o advogado Andson Alves enfatizou o direito das mulheres que amamentam e das gestantes ao acompanhamento de saúde.

“Hoje, discutimos diversos temas relacionados ao direito constitucional, mais especificamente ao direito à saúde, é importante ressaltar que nossa lei máxima prevê o direito das gestantes e puérperas ao acompanhamento de saúde, desde o primeiro mês de gestação até o final. Quero enfatizar que você não está desamparada, pois o município, o estado e a união possuem todo o respaldo legal necessário para garantir seus direitos e atender suas necessidades de maneira adequada,” destacou.

O advogado também destacou o direito das mães à licença-maternidade de 120 dias, assim como o benefício do salário-maternidade, que também enquadram aquelas mulheres que ainda não atingiram a maioridade.

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas