sábado , 16 Maio 2020
Casa / Outros destaques / HRJL recebe ambulância e contará com 10 novos leitos de UTI

HRJL recebe ambulância e contará com 10 novos leitos de UTI

O presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), Pablo Santos, em reunião com o prefeito de Picos  e com o secretário de saúde do município, Júnior Santos, definiram nesta quarta-feira (01) medidas para o enfrentamento ao coronavírus na região. O Hospital Regional Justino Luz vai instalar 10 novos leitos de UTI e recebeu mais uma ambulância para o transporte de pacientes.

Pablo Santos explica que em até 20 dias serão montados mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva no Hospital Justino Luz e destinados 70 leitos clínicos exclusivos para pacientes em tratamento de Covid-19. “Estamos transferindo 49 leitos de obstetrícia e pediatria para um hospital privado, destinando esse espaço do Justino Luz unicamente para o enfrentamento ao coronavírus.  Além disso, serão abertos mais 10 leitos de UTIs que se juntam ao 10 que já possuímos. Também buscamos um espaço físico em parceria com a secretaria de saúde do município, como porta de entrada para pacientes suspeitos”, conta.

O hospital também recebeu uma nova ambulância para o transporte de pacientes. “Adquirimos mais uma ambulância que, somada a que já temos, reforçam o serviço de transporte de pacientes e agiliza o atendimento, seja em deslocamento para a capital de casos mais graves ou aqui no município e cidades da macrorregião, ampliando a nossa cobertura, especialmente nesse período mais crítico da pandemia”, destaca Pablo.

O Hospital de Picos é um dos hospitais de referência para o enfrentamento ao coronavírus no Interior do estado. O órgão atende mais de 600 mil habitantes das regiões do Vale do Guaribas, Sambito e Canindé e realiza uma média de 7 mil atendimentos por mês.

Fonte: Ascom

Sobre Felipe Ribeiro

Avatar

Verifique também

Piauí supera a marca de 2 mil casos de Covid-19 e total de mortes chega a 65

O Piauí superou a marca de mais de 2 mil casos do novo coronavírus. A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *