22.5 C
Picos

Operação cumpre 22 mandados de prisão por roubo de avião no aeroclube de Teresina

#

O Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) deflagrou na manhã desta quinta-feira (16) a Operação Cesnna para cumprir  22 mandados de prisão e 31 de busca e apreensão contra suspeitos de participar do roubo de um avião monotomor em um aeroclube de Teresina, ocorrido no dia 14 de janeiro. Até o momento, 17 prisões já foram efetuadas.

Os mandados estão sendo cumpridos no Piauí e nos estados de Mato Grosso, Pernambuco e Maranhão.

Em Teresina, foram cumpridos oito mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão contra investigados ligados ao grupo criminoso responsável pela execução do roubo.

Em Pernambuco foi cumprido um mandado de prisão temporária e um mandado de busca e apreensão em desfavor do suspeito que alugou o veículo utilizado na ação criminosa.

Foto: Polícia Civil

No Estado do Maranhão foram cumpridos sete mandados de prisão temporária e 12 mandados de busca apreensão nas cidades de São Luís, Paço do Lumiar, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues e Araguanã, relacionados a suspeitos de atuar na aquisição de armamentos, gerenciamento financeiro e logístico da ação criminosa, adulteração da aeronave roubada e aquisição de combustível de aviação.

Os investigados da grande São Luís possuem vínculo com o Aeroporto Coronel Alexandre Raposo (Aeroporto de Paço do Lumiar/MA).

Já no Estado do Mato Grosso foram cumprido um mandado de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão contra suspeitos de atuar na logística que seria utilizada para o reabastecimento da aeronave roubada em uma pista clandestina na zona rural do Município de Juara/MT, na região noroeste mato-grossense conhecida como Vale do Arinos.

Segundo as investigações, a aeronave roubada teria como destino final a Bolívia. Ela foi recuperada no dia 22 de janeiro após um pouso forçado por falta de combustível em uma região de pastagem no município de Juara, em Mato Grosso.

Cartel boliviano responsável pelo roubo

Um cartel da Bolívia foi responsável pelo roubo do avião, modelo Cesnna 206, avaliado em R$ 2 milhões, informou ao Cidadeverde.com o delegado Charles Pessoa, coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco).

A aeronave já tinha sido adulterada, onde foram alterados os seus prefixos e também tinha sido pintada. A informação é que o avião estava sendo usado por um cartel da Bolívia.

Foto: Arquivo Pessoal

O crime

Bandidos armados invadiram o Clube do Ultraleve do Piauí, na zona Leste de Teresina, e roubaram um avião monomotor, modelo Cesna 206, avaliado em R$ 2 milhões. A ação criminosa aconteceu madrugada do dia 14 de janiero.

A aeronave,de prefixo PT DQF, tem capacidade para seis ocupantes, e pertence ao médico Jacinto Lay.

Rebeca Lima
redacao@Cidadeverde.com

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas