terça-feira , 23 junho 2020
Casa / Municípios / Mais de 180 municípios do Piauí adotam medidas de prevenção ao coronavírus e suspendem aulas

Mais de 180 municípios do Piauí adotam medidas de prevenção ao coronavírus e suspendem aulas

A Associação Piauiense dos Municípios (APPM) informou nesta quinta-feira (19) que 182 cidades do Piauí emitiram decretos com providências emergenciais de prevenção contra o novo coronavírus. Dentre as medidas está a suspensão das aulas na rede municipal de ensino.

Segundo o levantamento da APPM, em boa parte das cidades, o período letivo já foi interrompido por 15 dias. Em outros municípios, a suspensão vai iniciar na próxima semana. O G1 separou os decretos com medidas de prevenção das principais cidades do estado. Confira:

Teresina

Na terça-feira (17), o prefeito Firmino Filho (PSDB) adotou uma série de medidas para impedir a propagação do novo coronavírus em Teresina. Entre as providências estão: a suspensão das aulas na rede municipal por 15 dias, proibição de eventos em ruas, avenidas, parques e praças e a interrupção de consultas e cirurgias eletivas.

As aulas em colégios municipais foram suspensas a partir desta quinta-feira (19) por um período de 15 dias. Além disso, atividades, programas e serviços coletivos que envolvam mais de 100 pessoas serão interrompidos por 15 dias.

Água Branca

O prefeito de Água Branca e também presidente da APPM, Jonas Moura, assinou um decreto com medidas emergenciais de combate ao coronavírus na terça-feira (17). Ele informou que foram suspensas as aulas da rede municipal de ensino por um período de 15 dias e atividades que aglomeram pessoas.

Altos

Na terça-feira (18), a prefeitura de Altos divulgou o decreto que determina medidas de combate ao coronavírus. Confira algumas:

  • Suspensão, por 15 dias, das aulas da rede pública municipal de ensino, bem como as aulas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania;
  • Suspensão, por 15 dias, atividades coletivas ou eventos realizados pelos órgãos ou entidades da Administração Pública Municipal Direta e Indireta que impliquem aglomeração acima de cinquenta pessoas em locais fechados; e aglomeração acima de cem pessoas em locais públicos.

Campo Maior

Na quarta-feira (18), a Prefeitura de Campo Maior estabeleceu as seguintes medidas para o combate ao novo coronavírus. Confira:

  • Suspensão das aulas na rede municipal de ensino por 15 dias;
  • Suspensão de eventos públicos e privados com aglomeração acima de 60 pessoas;
  • Suspensão de férias e licenças de servidores da Saúde e Defesa Civil;
  • Suspensão por tempo indeterminado das atividades no Centro de Fisioterapia;
  • Suspensão das atividades coletivas do Centro de Atenção Psicossocial por 15 dias;
  • As UBSs darão prioridade aos atendimentos individuais e de preferência com horários agendados;
  • O Laboratório Municipal de Análises Clínicas segue funcionando normalmente;
  • Servidores que apresentem sintomas da Covid-19 devem ficar em isolamento domiciliar;
  • Servidores acima de 60 anos de idade estão dispensados dos postos de trabalho;

Esperantina

A Prefeitura de Esperantina comunicou, por meio de suas redes sociais, a imediata suspensão das aulas na rede municipal de ensino por um período de 15 dias, de atividades coletivas, eventos realizados pela administração pública em locais fechados com aglomeração acima de 10 pessoas e em locais públicos, com aglomeração acima de 50 pessoas.

“A medida visa à prevenção contra a disseminação do novo coronavírus, levando em consideração as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Governo do Piauí, da APPM e demais órgãos oficiais para que se reduza o ciclo de transmissão”, informou a administração por meio de nota.

Floriano

As principais medidas de prevenção ao novo coronavírus tomadas pela administração do município de Floriano foram: suspensão das aulas na rede municipal de ensino por 15 dias a partir da terça-feira (17) e a não expedição de autorização para eventos que gerem aglomerações, suspensão de atividades coletivas, programas municipais.

Parnaíba

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, a Secretaria de Educação do município de Parnaíba, no Norte do Piauí, decidiu suspender as aulas a partir da terça-feira (17) por um período de 15 dias. Caso seja necessária, a interrupção do período letivo pode durar por mais 15 dias.

Pedro II

O prefeito da cidade de Pedro II, Alvimar Martins, assinou um decreto municipal determinando medidas para evitar o contágio do novo coronavírus. As principais providências foram: suspensão temporária de atividades que gerem aglomerações, antecipações das férias escolares, adiamento de férias de servidores da área da saúde e cancelamento de reuniões que envolvam grupos de alto risco.

Picos

A Prefeitura de Picos emitiu um decreto com medidas de prevenção contra o coronavírus na segunda-feira (16). Entre as providências estão a suspensão das aulas na rede municipal de ensino por 15 dias.

Outras medidas tomadas pela administração municipal são: suspensão de procedimentos eletivos, marcação de consultas, atividades no Nasf, academias de saúde pública e privada; recomendação aos bares, restaurantes e lanchonetes para que seja mantido o afastamento de 1,5 metros entre as mesas e fornecimento de álcool em gel.

Piripiri

O decreto de medidas emergenciais de combate ao coronavírus em Piripiri estabeleceu a suspensão, a partir da terça-feira (17), no prazo de 15 dias, para: aulas na rede municipal de ensino, atendimento ao público nos órgãos municipais, atividades coletivas ou eventos realizados pelos órgãos ou entidades da administração pública municipal direta e indireta, em locais fechados com aglomeração acima de 50 e em locais públicos, com aglomeração acima de 100 pessoas.

Na segunda-feira (16), foi criada um Comitê de Enfretamento da Pandemia, que fará o acompanhamento do plano municipal de contingência do município.

Uruçuí

Nesta quarta-feira (18), a Secretaria de Educação do município de Uruçuí informou que antecipou as férias escolares e, portanto, as aulas da rede municipal de ensino foram suspensas por um período de 30 dias. Além da interrupção do período letivo, outras medidas foram adotadas pela prefeitura:

  • Suspensão de férias e licenças de profissionais de saúde;
  • Suspensão, no âmbito das instituições públicas e municipais, de atividades de treinamento, capacitação, formaturas e outros eventos que gerem aglomerações;
  • Suspensão de eventos esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais, religiosos e eventos de massa;
  • Suspensão de alvarás para eventos;

Fonte: G1

Sobre Felipe Ribeiro

Avatar
Colaborador do Portal InfoNewss.

Verifique também

Ações do MP suspendem reabertura do comércio e prefeitos podem pagar multa

Ações  movidas pela Ministério Público do Piauí resultaram na suspensão de decretos dos municípios de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *