22.8 C
Picos

Lula participará de Caravana e anunciará cessões de terras no PI

#

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, deverá participar na sexta-feira (21) da programação da Caravana Federativa em Teresina, que ocorrerá no Centro de Convenções.

A Caravana — atividade feita pelo governo federal e que percorre diversos estados brasileiros com o objetivo de aproximar os órgãos federais dos gestores municipais — vai iniciar suas atividades na capital piauiense na quinta (20). O presidente Lula participará do encerramento do evento.

Lula deverá anunciar a cessão de terrenos da Secretaria de Patrimônio da União (SPU). O Cidadeverde.com entrou em contato com a Superintendência do Piauí para saber mais detalhes de quais terrenos serão cedidos, mas não obteve resposta.

A participação de Lula na Caravana Federativa em Teresina faz parte de uma agenda mais ampla que o presidente cumprirá no Nordeste. Está prevista, antes, a ida do presidente ao Rio de Janeiro para participar da posse da presidente da Petrobras, Magda Chambriard, nesta quarta (19), e de programação pelo Dia Nacional do Cinema. No dia seguinte, o presidente seguirá para Fortaleza, onde deverá anunciar um pacote de anúncios do Ministério da Educação e a inauguração do Residencial Cidade Jardim do Minha Casa, Minha Vida.

O governo do Piauí havia divulgado a presença de Lula em Parnaíba, onde estão previstas visitas à Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e também às obras do Porto de Luís Correia. A programação do presidente no litoral piauiense, no entanto, ainda não está definida.

De Teresina, Lula seguirá para São Luís, onde participará de evento de celebração da renovação do contrato de concessão do Porto do Itaqui e anúncios do Ministério de Minas e Energia.

Caravana Federativa em Teresina

O evento vai acontecer nos dias 20 e 21 de junho no Centro de Convenções de Teresina. A ação, promovida pelo governo federal, objetiva aproximar os órgãos federais dos gestores municipais.

No Piauí, durante os dois dias de atividades, técnicos de órgãos federais de diversas áreas também vão promover painéis, palestras e oficinas. Com a presença de representantes dos ministérios e dos órgãos federais nos eventos das Caravanas Federativas, há uma celeridade na resolução de questões, dúvidas, repasse de recursos para os municípios e atendimentos nas diversas áreas, como assistência social, educação, saúde, habitação, infraestrutura, dentre outras.

A aproximação pretende levar mais esclarecimentos aos gestores municipais sobre o funcionamento de programas e ações do Governo Federal. A partir desse atendimento, a Caravana Federativa também facilita às prefeituras a adesão de programas como Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida. A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Relações Institucionais (SRI) da Presidência da República.

Mais de 30 ministérios presentes

Um total de 43 órgãos federais prestarão atendimento personalizado aos gestores municipais e estaduais nos dias 20 e 21 de junho, durante a 10ª edição da Caravana Federativa, que será realizada no Centro de Convenções de Teresina, no Piauí. A ação itinerante leva serviços do governo federal até os gestores, que terão a oportunidade de resolver questões pendentes, esclarecer dúvidas, buscar apoio e identificar formas de melhorar os serviços oferecidos à população.

O evento contará com a participação ativa de mais de 30 ministérios, além de autarquias, bancos e empresas públicas, em um esforço conjunto para democratizar o acesso aos programas e serviços essenciais. A caravana ainda permite a troca de experiências e melhores práticas entre os entes federativos.

Clique aqui e confira os serviços oferecidos pela caravana

Todos os interessados em participar do evento devem se inscrever pelo site. O público-alvo são prefeitos (as) e seus vices; secretários (as) estaduais; secretários (as) municipais; gerentes municipais de convênios; vereadores (as); presidentes de Câmaras Municipais; presidentes de Consórcios e Federações municipais e estaduais; e gestores de contratos.

Ao longo de dois dias, os órgãos participantes da ação são:

Ministério da Saúde
Fundação Nacional de Saúde (Funasa)
Ministério da Educação
Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)
Ministério das Cidades
Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome
Ministério da Justiça e Segurança Pública
Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República
Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania
Ministério da Igualdade Racial
Ministério das Mulheres
Ministério dos Povos Indígenas
Ministério do Esporte
Ministério da Cultura
Ministério de Minas e Energia
Ministério dos Transportes
Ministério de Portos e Aeroportos
Ministério das Comunicações
Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios)
Ministério da Agricultura e Pecuária
Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar
Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)
Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)
Ministério da Pesca e Aquicultura
Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima
Ministério do Trabalho e Emprego
Ministério da Fazenda – Receita Federal do Brasil
Ministério da Previdência Social
Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional
Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviço
Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação
Ministério do Turismo
Caixa Econômica Federal
Banco do Brasil
Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) / Ministério do Planejamento e Orçamento
Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro)
Controladoria-Geral da União
Advocacia-Geral da União
Secretaria-Geral da Presidência da República
Secretaria de Comunicação Social.

A Caravana Federativa é uma realização do governo federal, em parceria com o Governo do Piauí e a Associação Piauiense de Municípios (APPM), com o patrocínio do Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Conta, ainda, com o apoio do Sebrae-PI e da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

Fonte: Cidade Verde por Roberto Araujo

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas