quarta-feira, 27 outubro 2021
Casa / Destaques / Jovem Natural de Picos que ficou cega aos 22 anos utiliza música como terapia e sonha ser cantora

Jovem Natural de Picos que ficou cega aos 22 anos utiliza música como terapia e sonha ser cantora

Rayza Nascimento perdeu a visão aos 22 anos. Desde então, a jovem, que já passou por 10 cirurgias nos olhos, utiliza a terapia com música como forma de progredir e encontrar um sentimento de alegria. Hoje, seu sonho é ser cantora.

Além de cantar, Rayza estuda psicanálise clínica e, ao concluir a graduação, pode se tornar a primeira psicanalista cega do Brasil.

A jovem, natural de Picos, no Sul do Piauí, levava uma vida comum e cursava nutrição em uma faculdade do município até que, em 2019, foi surpreendida com um sangramento no olho esquerdo. Com o problema, a rotina de Rayza foi interrompida e ela precisou mudar-se para Teresina, onde iniciou um tratamento.

Jovem cega utiliza a terapia com música como forma de progredir — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Jovem cega utiliza a terapia com música como forma de progredir — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Durante o processo, Rayza sofreu uma queda e quebrou o fêmur, osso da coxa. A medicação utilizada por ela provocou também um problema renal. Logo em seguida, a jovem perdeu visão por completo.

No mesmo ano, Rayza caiu novamente e fraturou o joelho. Com tantos medicamentos, a estudante também desenvolveu disfunções nos rins e hoje realiza hemodiálise.

“Eu perdi minha visão e a musicoterapia veio como um tratamento para a ansiedade, uma ocupação e acabou se tornando uma paixão”, conta.

Segundo o instrutor da artista, Ismael da Conceição, a música, além de entreter, promove saúde e bem-estar. Ela estimula os neurotransmissores e provoca, entre outros efeitos, o relaxamento.

“O ato de cantar, de ouvir e tocar ajuda na melhoria da frequência cardíaca, na frequência respiratória e pressão arterial, além de ajudar em alguns transtornos neurológicos como ansiedade e depressão”, afirmou.

Em busca de seu sonho, Rayza adotou o nome “Raay Nascimento” e, no dia 13 de agosto, lançou sua primeira música: “Morena”. A canção está disponível em todas as plataformas digitais.

Para a mãe e a irmã, a artista é um exemplo de superação e motivo de muito orgulho. “Uma pessoa que passou por tudo, por tantos obstáculos e mesmo assim conseguiu se levantar diante de todos. É alegre o tempo todo”, relatou a irmã Raquel Nascimento.

“Ela é uma pessoa muito forte, decidida, ela não para, não baixa a cabeça. É superação mesmo”, completou a mãe.

Fonte: G1 Piauí

Sobre Márcio Lopes

Colaborador do Portal Info Newss.

Verifique também

Picos registra três novos casos da covid-19 em 24 horas

Segundo o boletim da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado nessa terça-feira (26), Picos possui 8.983 …