segunda-feira, 20 setembro 2021
Últimas
Casa / Outros destaques / Jovem denuncia agressões de ex na rede social e incentiva outras mulheres no Piauí; ‘não sintam vergonha’

Jovem denuncia agressões de ex na rede social e incentiva outras mulheres no Piauí; ‘não sintam vergonha’

A estudante Juliana Ravena, de 26 anos, usou a própria rede social nesta quarta-feira (1º) para denunciar as agressões que vinha sofrendo do ex-namorado, em Teresina. Segundo a jovem, nos quase três anos de relacionamento, o companheiro a agrediu três vezes.

“Eu ficava muito triste vendo essas notícias de feminicídio e eu nunca imaginei passar por isso. A gente nunca pensa que isso vai acontecer no nosso relacionamento. Mas depois dessas agressões resolvi denunciar, não podia aguentar mais”, contou a mulher.

A agressão mais recente aconteceu na noite dessa terça-feira (31). Juliana estava na casa do então namorado, quando ele pediu para terminar o relacionamento. A jovem disse que ficou abalada com a notícia e teve uma crise de choro.

Segundo a estudante, o namorado começou a ficar agressivo e tampou a sua boca para que ela não chorasse. O homem também teria culpado a mulher pela situação.

Vitima de violência contra mulher expõe agressões de ex-namorado e encoraja mulheres na mesma situação a denunciarem — Foto: Arquivo Pessoal/Juliana Aguiar

Vitima de violência contra mulher expõe agressões de ex-namorado e encoraja mulheres na mesma situação a denunciarem — Foto: Arquivo Pessoal/Juliana Aguiar

Juliana contou que em outro momento, quando os dois estavam deitados na cama, o companheiro a puxou pelos pés e arrastou até a sala para que ela saísse de sua casa. A estudante pediu para que o namorado ligasse para seu irmão, porque ela não tinha condições de dirigir, mas foi agredida.

“Então comecei a chorar, estava em crise, e ele começou a colocar a mão na minha boca para que eu não chorasse. Eu comecei a ficar com falta de ar e ele disse que era frescura minha. Então ele começou a me empurrar, me expulsando da casa dele”, contou.

A jovem disse ao G1 que tentou fugir das agressões correndo pela casa. Tentou se esconder embaixo de uma mesa e conseguiu mandar mensagem para uma amiga, que chamou a polícia. Com medo, Juliana avisou ao companheiro que os policiais estavam chegando e ele correu para a casa de seus avós, vizinhos da residência.

Quando a polícia chegou, Juliana mostrou fotos, vídeos e a cena do crime com sangue e objetos quebrados. Segundo a jovem, os policias militares ouviram ela e a avó do seu companheiro, porém o agressor não foi detido.

O G1 tentou contato com a Polícia Militar do Piauí, mas até a publicação dessa matéria não obteve retorno sobre o caso.

Vítima registrou boletim de ocorrência contra namorado em Teresina — Foto: Reprodução

Na manhã desta quarta-feira (1), a estudante registrou o boletim de ocorrência contra o companheiro e passou por exame no Instituto de Medicina Legal (IML). A jovem também pediu uma medida protetiva contra o homem.

Incentivo para outras vítimas

Juliana reforçou a importância de outras mulheres vítimas de violência denunciarem os seus agressores. A jovem, que foi agredida três vezes, contou ser muito difícil levar o caso as autoridades. Geralmente, a vítima sente culpa, vergonha e medo do julgamento alheio.

Vitima de violência contra mulher expõe agressões de ex-namorado e encoraja mulheres na mesma situação a denunciarem — Foto: Arquivo Pessoal/Juliana Aguiar

Vitima de violência contra mulher expõe agressões de ex-namorado e encoraja mulheres na mesma situação a denunciarem — Foto: Arquivo Pessoal/Juliana Aguiar

“Ele dizia que eu sempre perguntava demais, que pressionava demais ele, geralmente sempre eram esses os motivos dos términos. Ele sempre colocava culpa em mim. E até então eu me sentia culpada, eu cheguei a pedir desculpas para ele algumas vezes”, disse.

A estudante, depois de vivenciar toda essa situação, contou que quer encorajar outras mulheres a denunciarem. É muito difícil sair de um relacionamento abusivo, mas não é impossível.

“Tive muito medo do julgamento das pessoas, mas recebi muito apoio de mulheres e é esse apoio que quero dar. Denunciem!” , declarou a jovem.

*Estagiária sob supervisão de Catarina Costa

Fonte: G1 Piauí

Sobre Márcio Lopes

Colaborador do Portal Info Newss.

Verifique também

Criminosos amarram dentista na própria casa e roubam carro da vítima em município do Piauí

Dois homens armados amarraram um dentista na sua própria casa e roubaram o celular e …