31 C
Picos

Indicador da população com algum grau de pobreza no Piauí reduz cerca de 70%

#

O Índice de Pobreza Multidimensional Não Monetário (IPM-NM), que indica a proporção de pessoas com algum grau de pobreza no estado do Piauí, caiu de 14,1, no período de 2008-2009, para  4,3, no período de 2017-2018, uma redução de 9,8 pontos percentuais, o equivalente a uma queda de 69,5% naquele período. São informações constantes da publicação do IBGE denominada “Evolução dos Indicadores não Monetários de Pobreza e Qualidade de Vida no Brasil com Base na Pesquisa de Orçamentos Familiares”.

No Brasil, o IPM-NM caiu de 6,7, no período 2008-2009, para 2,3, no período 2017-2018, queda de 4,4 pontos percentuais, o equivalente a uma redução de 65,2% naquele período, pouco inferior à queda observada para o Piauí (69,2%). Dentre os estados, a maior queda foi a observada em Santa Catarina, de 83,3%, e a menor aquela observada para o Rio de Janeiro, com 45,9%. O valor do índice é apresentado em uma escala de 0 a 100, sendo 100 o maior nível possível de pobreza multidimensional não monetário que uma sociedade pode registrar.

No período 2008-2009, o Piauí com seu IPM-NM de 14,1 detinha cerca de 78,4% da população com algum grau de pobreza, tendo passado no período 2017-2018 a um IPM-NM de 4,3, com cerca de 39,1% da população, o que representa uma redução de 39,3 pontos percentuais na proporção da população com algum grau de pobreza.

No Brasil, em 2008-2009, o IPM-NM era de 6,7, apresentando cerca de 44,2% da população com algum grau de pobreza, tendo passado em 2017-2018 a um IPM-NM de 2,3, com 22,3% da população, uma queda de 21,9 pontos percentuais na proporção da população com algum grau de pobreza no período.

Índice de Pobreza Multidimensional Não Monetário (IPM-NM) e proporção de pessoas com algum grau de pobreza (%), por estado / 2017-2018

Unidades da Federação IPM-NM Proporção de pessoas com algum grau de pobreza (%)
Maranhão 7,7 58,1
Pará 6,5 52,0
Acre 6,4 48,4
Amapá 4,9 43,7
Amazonas 4,9 40,7
Alagoas 4,7 43,6
Piauí 4,3 39,1
Paraíba 4,2 38,4
Pernambuco 4,1 36,6
Rio Grande do Norte 4,0 36,6
Bahia 3,9 34,6
Sergipe 3,1 29,9
Ceará 3,0 30,9
Tocantins 2,7 28,0
Rondônia 2,6 28,7
Roraima 2,3 23,8
Goiás 2,2 23,0
Rio de Janeiro 2,1 19,0
Mato Grosso 1,8 21,0
Espírito Santo 1,3 15,6
Mato Grosso do Sul 1,2 17,5
Distrito Federal 1,2 14,9
Minas Gerais 1,1 14,3
Rio Grande do Sul 0,9 11,4
São Paulo 0,7 9,2
Paraná 0,6 8,7
Santa Catarina 0,3 5,1

Fonte: Meio Norte

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas