34.6 C
Picos

Governo vai incluir Alagoinha, Monsenhor Hipólito, Francisco Santos e Santo Antônio de Lisboa para serem abastecidas pela adutora de Piaus

#

O governo do Piauí vai incluir mais quatro cidades dependentes do abastecimento de água do sistema adutor de Piaus em São Julião – PI. O projeto vai ocorrer em duas fases porque também vai direcionar a água da barragem de Bocaina para abastecer outros dois municípios. A Semar (Secretaria de Meio Ambiente) já prepara a retomada das obras.

A primeira etapa consiste em realizar o direcionamento da água da barragem de Bocaina para Bocaina, Sussuapara e Picos-PI. E a segunda prevê a distribuição da água de Piaus para; Alagoinha do Piauí, Monsenhor Hipólito, Francisco Santos e Santo Antônio de Lisboa-PI. Hoje já são contemplados os municípios de São Julião, Fronteiras, Pio IX, Vila Nova do Piauí e Campo Grande do Piauí.

A Secretária de Estado de Meio Ambiente, Sádia Castro, esteve, nesta quinta-feira (21), nos municípios de Bocaina e Sussuapara para visitar as obras do sistema adutor das barragens, e explicou que: “Neste primeiro momento, os engenheiros da Diretoria de Recursos Hídricos da Semar estão fazendo um levantamento de todo o material que está estocado, verificando a qualidade dos tubos, conexões, borrachas para podermos saber o que já temos e o que falta para dar seguimento ao trabalho”.

O sistema adutor de Piaus foi inaugurado em 2013, tem 111 quilômetros de extensão e é operado pela Agespisa. No início do ano de 2021 tem falhado constantemente na distribuição de água. Falta o líquido ao menos duas vezes por semana nos municípios abastecidos. A assessoria da Agespisa (Águas e Esgotos do Piauí S/A) culpa a equatorial pelo mau fornecimento de energia que, seria a principal causa do problema. A adutora recebeu o investimento de cerca de R$40 milhões, com recursos provenientes do Ministério da Integração através do PAC 2.


Fonte: Notícias da Região

Mateus Ribeiro
Mateus Ribeirohttps://www.infonewss.com
Cofundador do Portal Info Newss. Formado em Ciências Contábeis, pela Faculdade FACISA (Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina), Técnico em Informática formado pelo Instituto EAD.
Veja também
Notícias relacionadas