24.4 C
Picos

Governador Wellington Dias acompanha início das obras do Novo Complexo Solar em Caldeirão Grande

#

O governador do estado do Piauí, Wellington Dias, esteve participando, na manhã desta sexta-feira, dia 14 de janeiro, da solenidade de lançamento da pedra fundamental de construção do Complexo Solar Caldeirão Grande 2, realizado na sede da Ibitu Energia, na zona rural do município de Caldeirão Grande do Piauí.

Na construção do complexo, que será implantado em três etapas e terá capacidade total de 1 GW de energia, serão investidos o valor total de R$ 4 bilhões, com recursos iniciais de um montante de R$1 bilhão, e vai gerar mais de 2.700 empregos na construção e execução.

Durante a cerimonia de lançamento realizada na região da serra, estiveram presentes além do Wellington Dias, o prefeito de Caldeirão Grande, Filipe Gonçalves, o presidente da Ibitu Energia, Gustavo Ribeiro, os secretários estaduais Rafael Fonteles (de Fazenda), Howzembergson Lima (de Energias Renováveis) e Daniel Marçal (de Meio Ambiente), e os deputados Georgiano Neto e Merlong Solano, além de autoridades locais e de toda a região.

De lá, a comitiva realizou a visita de um escritório em uma sede da empresa localizada nas proximidades do Complexo, percorreu áreas do parque eólico, e encerrou o percurso na sede municipal, onde aconteceu um evento no Ginásio Poliesportivo, de apresentação do projeto para à população.

O governador disse que o estado Piauí inova. “Estamos lançando a pedra fundamental para um grande investimento em energia solar, um dos maiores do País. Nós fizemos a opção de priorizar as energias renováveis no Estado e recebemos o investimento de braços abertos, sempre apoiando no que precisarem. Também fechamos parcerias para qualificação profissional. É um grande passo para o desenvolvimento do nosso Piauí”, disse Wellington Dias.

A cada etapa do empreendimento, cerca de 900 empregos serão gerados. “A parceria entre Ibtu, Estado do Piauí e prefeitura de Caldeirão Grande já é de sucesso. Agora estamos inaugurando mais um grande projeto que irá gerar muitos empregos e movimentará a economia. Estamos desenvolvendo novas parcerias na área de educação e ainda temos bastante coisa para fazer. Estamos certos de que teremos uma vida longa e produtiva no Piauí”, afirmou o presidente da Ibtu, Ricardo Vicentini.

O complexo contará com uma área total de 800 hectares, com 2,5 milhões de placas solares. “A energia solar e a eólica são um potencial natural do Piauí e esse empreendimento gera progresso a partir de toda a cadeia de produção. Portanto é um projeto que agrega muito valor e desenvolvimento socioeconômico para o Piauí”, apontou o coordenador do PRO Piauí e secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles.

Para o prefeito de Caldeirão Grande, Douglas Felipe, a expansão do projeto leva inúmeros benefícios não só para o município, mas para todo o Piauí e Brasil. “Desde a primeira reunião nos prontificamos a receber e apoiar esse empreendimento, que gera renda, qualidade de vida e empregos. Estamos muito felizes em dar esse passo junto com a empresa e o governo, que certamente irá trazer desenvolvimento e progresso ao município, estado e país. Que tenhamos muito sucesso nessa empreitada”, pontuou.

Além das autoridades acima mencionadas, o evento foi prestigiado diversas figuras regionais como os prefeitos Corinto Matos (de Marcolândia), Zé Wlisses (de Simões), Toninho (de Caridade do Piauí) e Eudes Ribeiro (de Fronteiras), e centenas de pessoas.

Fotos;

Mateus Ribeiro
Mateus Ribeirohttps://www.infonewss.com
Cofundador do Portal Info Newss. Formado em Ciências Contábeis, pela Faculdade FACISA (Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina), Técnico em Informática formado pelo Instituto EAD.
Veja também
Notícias relacionadas