33.6 C
Picos

Evento marca o encerramento da campanha “Maio Laranja” em Belém do Piauí – PI

#

Ao longo deste mês, a Prefeitura de Belém do Piauí — PI, por meio da Secretaria de Assistência Social, promoveu diversas ações em alusão ao “Maio Laranja”, mês voltado para a prevenção e enfrentamento à violência e abuso sexual de crianças e adolescentes.

As ações são desenvolvidas em parceria com as secretarias de Educação e Saúde, com o Conselho Tutelar e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA).

Para marcar o encerramento da campanha no município, foi realizado na manhã desta sexta-feira, 27, um evento que  culminou  as ações desenvolvidas pelas escolas municipais, e adolescentes Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA) e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

O evento foi realizado na quadra poliesportiva Francisco Daniel de Carvalho, e contou com a participação do prefeito, Ademar Carvalho, vice-prefeito, Francisco Reis, vereadores, secretários municipais e gestores escolares.

Durante o evento, forma realizadas diversas apresentações, visando alertar sobre o combate à violência, a importância e necessidade de união da sociedade para o enfrentamento do problema, com foco na prevenção.

Nas escolas municipais, a iniciativa conscientizou a comunidade escolar, movimentando professores e alunos a debater e conhecer o tema, assim como identificar situações de abuso sexual.

No evento, também foi realizado concurso para eleger o melhor cartaz e melhor poema. Os dois melhores escolhidos pelos jurados receberam medalhas e prêmios.

A presidente do CMDCA, Olisabel Silveira, além de enfatizar sobre o tema, também falou sobre os traumas que uma criança abusa carrega, ou seja, as dificuldades para sobreviver às memórias dolorosas de uma infância marcada por violência.

“As estatística apontam que a maioria dos abusos são sofridos no próprio lar, ou, por algum vizinho […] Uma violência sexual a uma criança  ou adolescente deixa traumas para o resta da vida.”, comentou.

Olisabel fez ainda, um alerta para os pais ou responsáveis, para sempre ficarem monitoram os filhos, pois o primeiro sinal a ser observado é uma possível mudança no padrão de comportamento das crianças.

A Secretaria de Assistência Social, Anaias de Carvalho, destacou que os cuidados devem ser trabalhados diariamente e que essa luta é um papel de todos.

“Nosso objetivo é sensibilizar a população, como orientar sobre os canais de denúncia. Proteger crianças e adolescentes da violência é um papel de todos, não só hoje, mas todos os dias.”, disse.

Mais fotos

Humberto Júnior
Humberto Júniorhttps://www.1bertojunior.com
Amante da tecnologia, desafiador e cofundador do Portal Info Newss.
Veja também
Notícias relacionadas