domingo, 5 dezembro 2021
Últimas
Casa / Geral / Eleição da OAB-PI é adiada e seccional do Piauí é obrigada a cumprir regras eleitorais

Eleição da OAB-PI é adiada e seccional do Piauí é obrigada a cumprir regras eleitorais

Em decisão tomada de forma unânime, na noite desta segunda-feira (18/10), a Comissão Nacional Eleitoral do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, acolheu o pedido dos conselheiros federais Raimundo Júnior e Geórgia Nunes, para determinar o adiamento da data da eleição na seccional do Piauí.

Agora a OAB-PI é obrigada a se adequar aos prazos das regras eleitorais já pré-determinadas pela nacional. O relator designado foi o Conselheiro Federal Daniel Jacob, do estado do Amazonas.

Segundo a decisão, os registros das candidaturas das chapas deve ocorrer, pelo menos, até o dia 22 de outubro. A data da eleição, por sua vez, só poderá acontecer após o dia 21 de novembro.

A Comissão Nacional também determinou que fossem regularizados os prazos para divulgação de pesquisas eleitorais, cuja regulamentação estava em desconformidade com o provimento CFOAB 146.

O OitoMeia já havia divulgado o pedido. Raimundo Júnior e Georgia Nunes pediram pela nulidade da eleição da OAB-PI sob argumento de que a Seccional do Piauí não estava se adequando aos regramentos eleitorais conforme o provimento 146/2011 e conforme o Regulamento Geral da Ordem.

Raimundo Júnior e Georgia Nunes foram os autores do pedido (Fotos: Reprodução)

Fonte: Oitomeia

Sobre Márcio Lopes

Colaborador do Portal Info Newss.

Verifique também

Comando da PMPI solicita ao Nucepe novo cronograma de concurso após suspensão de prova para soldado

O ofício enviado ao Núcleo foi divulgado à imprensa e destacou que os candidatos estão …