22.8 C
Picos

Delegacia investiga se houve maus-tratos a animais que morreram em vaquejada no PI

#

A delegacia de Corrente abriu um procedimento de investigação para apurar se animais que morreram em uma vaquejada na localidade Pitombas, zona rural do município de Sebastião Barros, que fica a cerca de 920 km de Teresina, sofreram maus tratos. A vaquejada terminou com pelo menos sete animais mortos, dos quais, seis tiveram fraturas e precisaram ser sacrificados, e um morreu na pista de competição.

Em nota, a delegacia citou que fez diligências nesta quarta (12) e identificou que o material utilizado na pista não era de areia lavada, mas sim um material argiloso com petrificações e pedras, o que não é a adequada para a prática de vaquejada.

Segundo a delegacia, esses materiais “possivelmente contribuíram para os traumas sofridos pelos animais durante a competição, além de ter colocado em risco a integridade física dos competidores”, diz a nota. Vaqueiros que participaram da competição falaram ao Cidadeverde.com e citaram que problemas na pista teriam colocado os animais em risco.

A delegacia, no entanto, informou que foi verificada a presença de alimentação, água e estrutura adequada para o confinamento dos animais.

Em nota, a prefeitura de Sebastião Barros, que organizou o evento, disse que o evento seguiu as regras para a prática da vaquejada:

A Prefeitura de Sebastião Barros vem a público esclarecer sobre a divulgação da suposta morte de 20 animais durante a 21ª Vaquejada de Pitombas, realizada neste final de semana na zona rural do município. Trata-se de notícia falsa, visto que todas as regras para a prática do esporte, que é regulamentado por lei, foram seguidas.

Segundo a equipe organizadora, seis animais quebraram a perna durante a corrida, motivo pelo qual foram posteriormente sacrificados, protocolo adotado em todas as vaquejadas para evitar o sofrimento prolongado do animal, além de um animal que morreu após uma corrida.

A gestão reforça ainda que, durante a vaquejada, também foram adotados todos os protocolos de segurança, cuidados de permanência e regras na prática do esporte, visando o bem-estar dos animais.

Fonte: Cidade Verde por Roberto Araujo

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas