22.8 C
Picos

Condutor ficou no carro sem prestar socorro às vítimas de acidente em Picos

#

Durante coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (17) as delegadas da Polícia Civil do Piauí, Laura Carneiro e Francineide Fontes, esclareceram detalhes do inquérito policial que investiga e indiciou o empresário de iniciais  P. R. de A. P por homicídio doloso e omissão de socorro com resultado morte.

No acidente — colisão entre carro de passeio e motocicleta — duas pessoas vieram a óbito: José Ivan Santos Sousa Filho e Rafaela Pinheiro dos Santos.

De acordo com a delegada regional de Picos, Francineide Fontes, o suspeito de cometer o fato ficou por 10 minutos dentro do carro, sem prestar socorro às vítimas que haviam sido arremessadas por vários metros, vindo a cair numa área de ribanceira.

“O autor do fato ficou 10 minutos no seu carro, sem descer, sem sequer abrir a porta, sem baixar o vidro, aguardando familiares chegarem para levá-lo para outro local. Nos foi dito que ele teria ido para o Hospital Regional Justino Luz, que ele também teria sofrido uma lesão. A gente solicitou documentação na unidade e verificamos que em nenhum momento ele procurou hospital para atendimento”, afirmou a delegada.

Francineide Fontes ainda comentou que se o Ministério Público der parecer favorável ao indiciamento e o material seja acatado pelo Judiciário, o caso poderá ser julgado em júri popular por se tratar de homicídio.

“Na verdade como se trata de um crime de homicídio a competência vai ser do júri. A Polícia concluiu o inquérito no dia 12 de junho, relatório final com respectivo indiciamento. A partir de então, o material é encaminhado ao Ministério Público para emitir sua opinião e, consequentemente, retorna para o Poder Judiciário”, pontuou.

A delegada que conduziu o inquérito policial, Laura Carneiro, destacou que o material levantado é técnico, trazendo vídeos que atestam o estado de embriaguez do condutor e causa do acidente.

“O inquérito produzido está muito técnico, não só trazemos a questão testemunhal, mas como de provas mesmo, imagens está rico. A perícia nos mostra que a colisão ocorreu na mão contrária arremessando as vítimas a vários metros. Ao que tudo indica uma ultrapassagem forçada”, concluiu.

O crime aconteceu na madrugada de um domingo, no dia 26 de maio, na BR-407, no bairro Samambaia, em Picos. O inquérito da Polícia Civil apontou que o suspeito estava embriagado ao cometer o crime. As investigações apontaram que ele saiu de uma festa e estava em estado de embriaguez.

Fonte: Cidade Verde Picos por Paula Monize

Redação
Redaçãohttps://www.infonewss.com
Redação do Portal Info Newss. (89) 99463-3489
Veja também
Notícias relacionadas